Voltar
Título: Canti XI composti dal Bandello de le Lodi de la S. Lucretia Gonzaga di Gazuolo, e del Vero Amore, col Tempio di Pudicitia, e con altre cose per dentro poeticamente descritte
Designação: Livro
Autor: Jacques-Antoine Derome (1696-1760) [Encadernador]
Matteo Bandello (1485-1561) [Escritor]
Cronologia: (1545) [Edição]Séc. XVIII [Encadernação]Séc. XVI [Texto]
Origem: França, Paris
Categoria: Arte do Livro\Impressos
Dimensões:
Tipo de medidasValorUni. de medidaParte descrita
Largura12cm.Encadernação
Espessura2.1cm.Encadernação
Altura18.3cm.Encadernação
Material:
Tipo de materialCorParte descrita
SedaCor-de-rosaContracapas, guardas opostas e sinal
Papel Corpo do livro
MarroquimEscuroEncadernação
MarroquimVermelhoEstojo. O seu interior é revestido de seda azul.
Técnicas:
TécnicaParte descrita
gravada a ouro 
à francesa 
com embutidos 
Inv. LA250
Localização no museu: Em Reserva
Descrição: Este raro exemplar faz parte da primeira edição de um longo poema em nove cantos da autoria de Matteo Bandello (1458-1561) que o dedicou à princesa Lucrécia de Gonzaga. O texto, impresso em caracteres itálicos, inventados no princípio do século pelo editor veneziano Aldus Manutius (1449-1515), é delimitado nas margens por uma esquadria sublinhada a vermelho. Mas foi seguramente pela magnífica encadernação que reveste esta obra que Calouste Gulbenkian a comprou, em Nova Iorque, integrada no último conjunto de livros com que enriqueceu a sua biblioteca em 1951, quando já vivia em Portugal. Trata-se de uma encadernação mosaïquée realizada no século XVIII por Jacques-Antoine Derome (1696-1760) cuja etiqueta, colada na página de título, autentica a sua autoria. Os planos, revestidos de marroquim azul-escuro, apresentam toda a superfície ponteada a dourado.